Uma empresa precisa ter aparecido em uma lista das Melhores Empresas em pelo menos um país da América Latina para poder se candidatar na lista regional. Durante o ciclo 2016-2017, 1.422 empresas que empregam 2,3 milhões de trabalhadores participaram da maior pesquisa anual da região. Essas empresas foram qualificadas para consideração na lista América Latina.

Em 2017, as Melhores Empresas da América Latina aparecem em três listas:

  • Melhores Empresas Multinacionais
  • Melhores Grandes Empresas Nacionais (acima de 500 funcionários)
  • Melhores Pequenas e Médias Empresas Nacionais (entre 50 e 500 funcionários)

Para criar as listas, empresas candidatas foram divididas em dois grupos, um para empresas domésticas, e o outro para multinacionais. Além disso, as empresas nacionais foram divididas novamente em dois grupos de acordo com o número de funcionários na força de trabalho. Essa abordagem nos permite comparar empresas com perfis semelhantes.

As empresas multinacionais precisam atingir os seguintes critérios para se qualificar para a lista:

  • Ter pelo menos 1.000 funcionários ao redor do mundo
  • 40% ou mais dos funcionários trabalham fora do país-sede.
  • A empresa foi premiada em pelo menos três listas nacionais na América Latina.

    *Para o Brasil aplica-se a lista Nacional (que possui corte de empresas com no mínimo 100 funcionários)

O Great Place to Work define uma empresa multinacional como uma empresa operante em pelo menos três países. Uma empresa operante em apenas dois países irá competir em uma das duas listas nacionais.

Para criar as listas regionais, os ambientes de trabalho são avaliados e conquistam uma posição seguindo os mesmos critérios que lhes dão o direito de aparecer em uma lista nacional. Entretanto, empresas competindo na categoria multinacionais recebem pontos extras de acordo com o número de países na América Latina em que foram premiadas, bem como para o número total de funcionários que participaram da pesquisa. Como consequência, empresas multinacionais recebem crédito por seus esforços em se tornar um excelente ambiente de trabalho em vários países. Quanto mais países a empresa for premiada, maior é o crédito que ela recebe.

Quando empresas multinacionais se tornam parte de uma lista regional porque se qualificaram em diversos países, elas podem ocupar apenas uma posição na lista. É feita uma média ponderada das notas dessas empresas com base no número de funcionários em cada país. A média das notas é feita para empresas multinacionais que compartilham uma cultura comum nos países.