26/10/17 por Lina Nakata e ©Great Place To Work® Institute

Das 25 empresas premiadas, Natura (Brasil), Belcorp (Peru) e Falabella (Chile) ocupam as posições 5º, 7º e 21º, respectivamente. Participaram 6.600 organizações que empregam 14 milhões de pessoas em 58 países, sendo o maior estudo de clima e cultura organizacional do mundo.

Great Place to Work®, a empresa de pesquisa, consultoria e educação dedicada ao estudo de clima e cultura organizacional, anuncia hoje a lista das “Melhores Empresas para Trabalhar no Mundo 2017”, da qual participaram 6.600 organizações de 58 países.  

Salesforce, Adecco e SAS Institute lideram as três primeiras posições dessa lista que classifica as 25 melhores empresas para trabalhar no mundo. Entre as 25 multinacionais que integram a lista, mais da metade (13) tem sua matriz nos Estados Unidos, enquanto 9 delas são de origem europeia e, pela primeira vez, 3 das empresas premiadas estão sediadas na América Latina: Natura (Brasil), Belcorp (Peru) e Falabella (Chile).

Desde a primeira publicação da Lista Mundial em 2011, pode-se observar um aumento sustentável ano a ano do Índice de Confiança (Trust Index©), o principal indicador da pesquisa que mede a percepção dos funcionários sobre o que vivenciam em seus ambientes de trabalho.

grafico-world.png

Cada vez mais, há uma maior consciência sobre o benefício que as organizações, os funcionários e a sociedade têm quando os empregadores fazem muito mais que cumprir com as leis trabalhistas básicas; quando constroem e mantêm excelentes lugares para trabalhar para TODOS. Ou seja, lugares onde todas as pessoas, em todas as partes do mundo, podem confiar em seus líderes, sentir orgulho do que fazem e desfrutar do trabalho com seus colegas de trabalho.

Michael Bush, CEO Global do Great Place to Work, comenta: “Tudo melhora quando os líderes decidem construir um excelente lugar para trabalhar para todos. Estas organizações são melhores para o negócio, melhores para as pessoas e melhores para o mundo. Precisamos nos esforçar para que a recompensa de maximizar o potencial das pessoas seja visível de uma vez por todas!”

 

Sobre a lista Melhores Empresas para Trabalhar no Mundo

Desde 2011, o Great Place to Work® tem identificado as principais organizações que criam excelentes ambientes de trabalho em vários países onde opera, por meio da publicação da lista das Melhores Empresas para Trabalhar no Mundo.

 

Para ser elegível à lista de Melhores Empresas Multinacionais, as organizações devem ter sido reconhecidas previamente em pelo menos 5 listas nacionais do Great Place to Work® no último ano. A opinião dos funcionários é fundamental para o momento da qualificação, já que a pesquisa respondida (Trust Index©) representa dois terços da pontuação final para fazer parte do ranking. O terço restante está composto pelo Culture Audit©, um questionário voltado à empresa, que o Great Place to Work utiliza para compreender e avaliar as práticas, políticas e cultura da organização.

Os resultados dessas listas nacionais, além dos pontos adicionais que são concedidos pelo número de países em que uma organização consultou seus funcionários, e o percentual da força de trabalho global da empresa representada por essas pesquisas, se combinam para criar um ranking dos primeiros 25.

 

Os candidatos para a lista devem empregar mais de 5.000 funcionários no mundo e ter pelo menos 40% (ou 5.000) de seus colaboradores atuantes fora do país de origem da empresa. Os candidatos para a lista das Melhores Empresas para Trabalhar no Mundo 2017 figuraram nas listas nacionais publicadas entre setembro de 2016 e agosto de 2017.